ISSprOM 2019



A comissão de mapeadores da IOF (Federação Internacional de Orientação) tem trabalhado em uma revisão da Especificação Internacional para Mapas de Orientação Sprint por dois anos. A ISSprOM 2019 foi aprovada pelo Conselho em abril de 2019 e entrará em vigor a partir de 2020.


A primeira mudança visível está no nome abreviado da especificação que mudou de ISSOM para ISSprOM - a fim de ser diferenciada claramente sobre qual especificação está se falando.


Ao mesmo tempo, a unificação com a ISOM (Especificação Internacional para Mapas de Orientação, mapas de floresta) foi feita em vários aspectos. Foi implementado o mesmo esquema de numeração no ISOM e no ISSprOM, de forma que, se um objeto for definido em ambas as especificações, ele receba o mesmo número. No entanto, alguns elementos podem existir em apenas uma das especificações. A nomeação semelhante à utilizada no ISOM 2017 também é considerada para alguns símbolos, especialmente no caso de vegetação. A diferença mais importante entre o ISOM 2017 e essa especificação é que as linhas pretas mais grossas são usadas apenas para objetos intransponíveis.


A nova regra importante é que a única escala possível para modalidade de sprint é agora de 1: 4000. Mas caso seja necessário, para as categorias júnior ou master, poderá se usar menor escala (por exemplo de 1: 3000). Essa diminuição da escala, ou seja, o aumento do mapa aplica-se a todos os símbolos, incluindo os do traçado do percurso.


Uma tarefa grande para a Comissão de Mapeadores da IOF foi unir parte "urbana" e "não urbana". A nova  solução significa que não haverá mais as cores diferentes entre estradas e áreas de concreto nas partes não urbanas e urbanas dos mapas de sprints.


O parágrafo relacionado ao fato de que o tráfego deve ser mantido fora das áreas de prova sprint foi removido. Considerou-se que uma solução melhor seria fornecer informações de tráfego no mapa. Marrom mais claro (30%) será usado para áreas de baixo tráfego, calçadas, etc. Marrom escuro (50%) indicará áreas de tráfego pesado, mas também alta densidade de pedestres (pode ser áreas turísticas, como por exemplo em Veneza).


Algumas alterações ocorreram também nos símbolos de vegetação. O anterior símbolo de vegetação intransponível ISSOM 2007 (421) usando verde 100% e preto 50% foi removido, já que muitas vezes parecia muito escuro na impressão. Para vegetação intransponível, a menção proibida de passar foi removida. Agora, ISSprOM 2019 Vegetação intransponível (410) une o uso de Vegetação, muito difícil de correr (410) do ISSOM 2007 e Vegetação intransponível do ISSOM 2007 (421).


O ISSprOM 2019 oferece seus símbolos específicos em comparação com outras especificações. Por exemplo, o símbolo com número 501.2 - Superfície de vários níveis. As duas superfícies que estão acima / abaixo uma da outra, onde pode-se correr, são enfatizadas por este símbolo. Área pavimentada com árvores esparsas (501.3) é outro novo símbolo, muito semelhante em princípio aos símbolos 402 ou 404 Terrenos abertos com árvores esparsas / Áspero terreno aberto com árvores esparsas.











Na nova especificação estão incluídos também os novos símbolos para paredes/muros transponíveis, fontes e árvores. Para se ter uma melhor ideia, veja abaixo a comparação feita por Aleš Hejna de duas partes idênticas do mapa da cidade Pilsen com as duas especificações diferentes. À esquerda ISSOM 2007, à direita ISSprOM 2019.


Fontes

ISSprOM 2019, IOF, https://orienteering.sport/iof/resources/mapping/

What has changed from previous ISSOM 2007 to ISSprOM, IOF,  https://orienteering.sport/iof/resources/mapping/

O-news, http://o-news.cz/novy-mapovy-klic-pro-sprinty-schvalen-bude-platit-od-roku-2020/

Svenskorientering, http://www.svenskorientering.se/Arrangera/kartfragor/Kartnyheter/nysprintnormattborjagallafran1januari2020

61 visualizações

Copyright 2018 RIO-O.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon